Game of Thrones | Criadores comentam todas as revelações do último episódio em vídeo

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

ATENÇÃO PARA SPOILERS A SEGUIR!

Em um vídeo postado no canal do Youtube de Game of Thrones, os criadores David Benioff e D.B. Weiss comentam os eventos chocantes do episódio “Home”, segundo da sexta temporada.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O vídeo não possui legenda, mas seguem algumas das declarações dos roteiristas (para o vídeo completo, veja mais abaixo):

“Quando começamos a fazer a série, não queríamos fazer flashbacks, porque às vezes parece uma marca de narrativas preguiçosas”, contou Benioff. “Dito isso, a história desse mundo é tão importante para entender quem são esses personagens e para onde eles estão indo, então a ideia de dar a Bran esses poderes é que agora não são só flashbacks – estamos vendo essa cena da perspectiva de um personagem que já conhecemos, e vendo como ele reage a isso”.

“É uma possibilidade incrível para Bran poder fazer isso, mas também é perigoso”, disse Weiss. “A tentação para ele é ficar para sempre no passado, porque o presente não parece tão atraente”.

“Ramsay matar Roose não é algo que foi uma decisão repentina dele”, continua Benioff. “O lorde Karstark que está ao lado de Ramsay no momento não parece surpreso, então foi algo planejado. Ramsay aprendeu algumas coisas com seu pai, e uma delas é ser impiedoso, e tomar o poder quando você vê a abertura para isso. O problema é que Ramsay está sendo um pouco imprudente, porque os Bolton não tem a maior base de apoio no Norte, e com Roose morto, terão menos ainda”.

“Para Melisandre, tentar ressuscitar Jon é algo que ela faz para se provar, de certa forma”, emenda Benioff. “Ela é uma pessoa que tinha muita fé em seu Deus, e ela ainda acredita nele, mas não sabe se ele acredita nela. Ela vai até o corpo de Jon com um pouco de crença que, se ela disser as coisas certas, se ela disser com fé e paixão o bastante, o Deus dela irá ouvi-la”.

Veja as outras mortes do episódio

Em entrevista à EW, o intérprete de Jon Snow, Kit Harington, pediu desculpas por ter enganado os fãs de Game of Thrones quanto a sua morte na série e disse que o sexto ano “será a maior temporada do personagem até agora” – leia mais.

Após a ressurreição de Snow, no próximo episódio, Daenerys (Emilia Clarke) encontra o seu futuro, e Bran encontra o passado. Tommen confronta o Alto Pardal, e Arya (Maisie Williams) treina para ser um Homem sem Rosto. Varys (Conleth Hill) encontra uma resposta e Ramsay recebe um presente – veja o trailer.

“Oathbreaker” será exibido no dia 8 de maio.

Artigo | Por que a série nunca foi longe demais

Os rumores e as expectativas para a sexta temporada

“Depois dos acontecimentos chocantes na conclusão da quinta temporada, incluindo o destino sangrento de Jon Snow pelas mãos dos revoltados da Patrulha da Noite, a quase-morte de Daenerys na arena de Mereen, e a humilhação de Cersei nas ruas de Porto Real, sobreviventes de todas as partes de Westeros e Essos se reúnem para seguir em frente, inexoravelmente, em direção aos seus destinos. Rostos familiares vão forjar novas alianças para melhorar suas chances estratégicas de sobrevivência, enquanto novos personagens surgirão para desafiar o balanço de poder no Leste, Oeste, Norte e Sul”, diz a descrição da sexta temporada.

Artigo | Sem precisar seguir os livros, série ficou ainda mais fascinante

Jornada das crianças Stark é uma das melhores da TV

Recentemente, os criadores de Game of Thrones afirmaram que a nova temporada “será a maior” da história da série. Além disso, o sexto ano incluirá “a maior cena de batalha já vista” na série – leia mais.

Game of Thrones custa US$ 10 milhões por episódio; veja os números da série

As transformações dos personagens ao longo das temporadas

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio