A sexta temporada de Homeland foi recentemente adiada para o começo de 2017 (veja mais), mas parece ter sido por bom motivo: a série quer estrear após o atual ciclo de eleições americano, e deve trazer uma bela reflexão dele em sua trama  – a primeira presidente mulher dos EUA.

Sexta temporada de Homeland se passará em Nova York

Segundo informações do TVLine, uma personagem feminina eleita para o cargo será essencial na trama, que se passa entre o dia da eleição e o dia da posse, em Nova York. Quando Homeland chegar, em 2017, já saberemos se os EUA reais terão uma presidente mulher (Hillary Clinton) ou mais um homem (Donald Trump) no comando.