Robert Kirkman, o autor dos quadrinhos nos quais The Walking Dead e Outcast são baseados, falou que não se incomoda com as comparações entre sua série da AMC, já indo para a sétima temporada, e a estreia do Cinemax.

“Não é intimidador para mim”, disse Kirkman à Variety. “Eu gosto de trabalhar, e fazer The Walking Dead é muito divertido – mas estava na hora de fazer outra coisa. E eu queria trazer uma nova roupagem para as histórias de possessão demoníaca. Nossa série trata as possessões como um mal curável”.

Kirkman ainda admitiu que as vezes se assusta com seu próprio trabalho. “É difícil escrever Outcast a noite [risos]. Se eu estou escrevendo uma cena assustadora e não me assusto nem um pouquinho, estou fazendo algo errado”, contou.


Outcast | Primeiro episódio é liberado on-line pela Fox

A trama de Outcast gira em torno de Kyle Barnes (Patrick Fugit), homem que tem problemas com possessão desde criança, quando sua própria mãe foi possuída. Agora adulto, ele parte em uma missão para entender os mistérios sobrenaturais, mas acaba descobrindo alguns segredos que podem levar ao fim o mundo que conhecemos.

Robert Kirkman assinou o primeiro episódio. Outcast começa a ser exibida no dia 3 de junho e estreará simultaneamente em 125 países. Antes mesmo de sua estreia, a série já foi renovada para uma segunda temporada pelo canal americano Cinemax.

Robert Kirkman compara Outcast com The Walking Dead