Mesmo escapando das garras de A.D. no final do episódio de estreia da sétima temporada de Pretty Little Liars (saiba tudo o que rolou aqui), Hanna ainda não está a salvo de se tornar o corpo para o qual as personagens estavam cavando uma cova no flashforward do episódio. É o que diz a criadora Marlene King em entrevista à Entertainment Weekly.

“O que Hanna passou foi bem sombrio, e isso vai a motivar daqui para frente. Ela vai tomar decisões bem chocantes na primeira metade da nossa temporada”, contou King. “E eu acho que deveríamos estar preocupados com o fato de que foi Mary Drake quem resgatou Hanna na beira da estrada no final do episódio. Mary Drake vai ser essencial nessa temporada”.

A criadora ainda frisou que a quase confissão de Alison sobre ser a assassina de Charlotte não é o final definitivo do mistério. “O mistério do assassinato de Charlotte é uma parte enorme da nossa temporada. Nós vamos resolvê-lo, os espectadores terão uma resposta definitiva – mas primeiro temos que desvendar se Alison não está mentindo, e se sim, por quem”, provocou.


Criadora confirma: “Série está chegando a uma conclusão”

Estreia do sétimo ano pode revelar assassino de Charlotte

A sétima temporada de Pretty Little Liars estreia nos EUA em 21 de junho.