O criador Roger Kumble, que escreveu o Segundas Intenções original e também está por trás da continuação em forma de série de TV, diz que ainda não há uma previsão certa para a estreia da série, mas que a Sony e a NBC estão negociando uma data neste momento.

“Parece que demorou muito tempo, mas não é tanto tempo assim. Alguns meses atrás as emissoras fizeram as apresentações dos projetos para a próxima temporada, e depois disso todo mundo meio que tira férias”, riu Kumble. “Eles estão se reunindo agora e eu tenho e-mails tanto da Sony quanto da NBC garantindo que eles ainda vão investir nisso”.

Na semana passada, o piloto da série vazou por alguns minutos para pessoas de dentro da indústria, mas logo foi retirado do ar. A recepção foi enormemente positiva pelos poucos que tiveram tempo de ver o episódio.


Segundas Intenções | Sarah Michelle Gellar em primeiras fotos do set

Situado 15 anos depois do filme, o seriado vai girar em torno de Bash Casey (feito pelo novato Taylor John Smith), o filho de 16 anos de Sebastian Valmont (originalmente interpretado por Ryan Phillippe) e Annette Hargrove (Kate Levering, que substituirá Reese Witherspoon no papel).

Ao encontrar um jornal sobre seu falecido pai, Bash aprende tudo sobre o legado da família que ele não tinha conhecimento. Em busca de respostas, Bash troca sua pequena cidade do Kansas pela prestigiosa Academia Preparatória de Brighton, em San Francisco, onde ganhou uma bolsa de estudos. Logo, o jovem se vê envolvido em mundo de sexo, dinheiro, poder e corrupção, já visitado por seus pais. O filme original não menciona o fato de Annette ter ficado grávida.

Lançado em 1999, Segundas Intenções foi um surpreendente hit de bilheteria, arrecadando US$ 95 milhões para seu baixo orçamento. O longa depois gerou duas continuações lançadas diretamente para o mercado de home vídeo.