Mr. Robot misturou ficção com realidade. De acordo com a Wired, a série focado no grupo de hackers fsociety tem hackers de verdade trabalhando como consultores.

O produtor Kor Adana, que serviu como analista de segurança da Toyota antes de assumir a série, conta em sua equipe com Marc Rogers, que já hackeou no ano passado um Tesla Model S ano passado e também dois ex agentes do FBI.

Os hacks do protagonista Elliot (Rami Malek) por exemplo foram construídos por Rogers e testados de verdade pelo criador da série, Sam Esmail, antes de irem ao ar. Rogers escreve as partes mais técnicas do hack e também faz uma demonstração do ataque virtual para que tudo saia da maneira mais real possível em Mr. Robot.


Na recém-lançada segunda temporada, inclusive, alguns dos endereços de IP e URLS mostrados são verdadeiros, ou seja, o espectador que queira visitar o link visto em um episódio de fato poderá encontrá-lo no mundo real.

Mr. Robot inicia segunda temporada com vida nova para Elliot

Rami Malek diz que segunda temporada é “definitivamente mais sombria”