Shooter | Série é adiada após ataques de atirador nos EUA

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Após um acidente no set de filmagens que quase matou um dublê (veja mais), Shooter continua passando por problemas: dessa vez, em função do ataque de um atirador que matou vários policiais em um protesto em Dallas, nos EUA, a série irá estrear com atraso.

A primeira temporada de 10 episódios adaptando o filme Atirador (2007), com Mark Wahlberg, estava marcada para estrear na terça-feira, dia 19, e agora irá ao ar apenas na semana seguinte, dia 26.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O ataque em Dallas chocou os EUA, e foi comprovadamente cometido por um ex-membro da força militar americana, envolvido com grupos de supremacia branca, que queria que a culpa caísse sobre os cidadãos que protestavam contra a morte violenta de vários membros da comunidade afro-americana da cidade.

Shooter | Ryan Phillippe se envolve em conspiração no trailer da série

A trama vai girar em torno do exímio atirador Bob Lee Swagger (Ryan Phillippe, vivido por Wahlberg no cinema), que isola-se nas florestas do Arkansas depois de causar a morte de um inocente. Certo tempo depois, ele é persuadido por seus ex-parceiros a ajudá-los a impedir o assassinato do presidente – mas ele acaba sendo enganado e acusado de ter planejado o crime.

Omar Epps (House, Resurrection) também está no elenco como Isaac Johnson, agente do Serviço Secreto americano e ex-comandante de Swagger. John Hlavin (The Shield) escreveu o piloto.

Dirigido por Antoine Fuqua, o longa original, por sua vez, também foi uma adaptação, esta do livro “Point of Impact”, de Stephen Hunter. Ainda não há previsão de estreia para Shooter.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio