Amy Schumer indicou no Twitter que não fará mais episódios da série Inside Amy Schumer.

Tudo começou quando Kurt Metzger, um dos roteiristas da atração, fez comentários polêmicos sobre vítimas de estupro, algo pelo qual a própria Schumer já passou, e a atriz foi colocada no meio da controvérsia.

“Estou entristecida e desapontada com Kurt Metzger. Ele é meu amigo e um grande roteirista e sou mais do que contra suas recentes ações. Mas Kurt não trabalha para mim. Ele não é roteirista do meu programa. Por favor, parem de me perguntar sobre isso. As palavras deles não são as minhas”, escreveu Amy, irritada.


Os usuários da rede social também perguntaram para a comediante se ela pretendia demitir Metzger, e foi aí que veio o anúncio do fim de Inside Amy Schumer:

“Eu não demiti Kurt. Ele não é um roteirista da minha série porque não vamos mais fazê-la. Não existem mais roteiristas”, afirmou.

Schumer também retuítou uma resposta de um fã que dizia: “Você é a melhor e nós sentiremos falta do seu programa. E o Twitter é um saco algumas vezes”.

O canal Comedy Central, responsável pela exibição de Inside Amy Schumer, ainda não confirmou o encerramento do programa, que recebeu 4 indicações ao Emmy deste ano, incluindo de melhor atriz em série cômica para Amy Schumer.

Inside Amy Schumer estreou em 2013 nos EUA, tendo quatro temporadas e 40 episódios exibidos. A emissora renovou o programa em janeiro, então se de fato não houver uma quinta temporada, esta foi uma decisão tomada pela própria Schumer, que também atua como roteirista e produtora.

A série foi responsável por alavancar a carreira da humorista, que no ano passado estrelou o seu primeiro filme, Descompensada.