O roteirista Will Beall conversou com a SlashFilm sobre seu trabalho em Dia de Treinamento, versão televisiva do filme de 2001 de Antoine Fuqua. Na entrevista, o roteirista acabou comparando sua nova série com Star Wars e o clássico The Warriors.

“É como aquele momento nos prelúdios de Star Wars em que o imperador Palpatine se revela como esse grande vilão – no filme, temos esse momento com Alonzo, porque ele fala algo que faz sentido sobre a posição moralmente ambígua do policial, e depois ele mata esse cara e você fica ‘p*rra, ele é só um bandido'”, comentou Beall. “Eu quis trazer minha própria ideia e história para a série, mas ao mesmo tempo manter essa sensação do filme”.

“Quando estamos falando de gangues, temos esses dois pólos: As Cores da Violência, com Sean Penn, que é super realista, e The Warriors, que é tremendamente exagerado e estilizado. Quis escrever uma série que vivesse no meio, entre essas duas coisas. O que você vai ver é uma Los Angeles aumentada e exagerada, mesmo que não possamos ser explícitos”, disse ainda.


Confira o trailer oficial da série

A versão televisiva servirá como uma sequência, se passando 15 anos depois dos eventos do longa que rendeu a Washington o Oscar de Melhor Ator. A trama vai focar o relacionamento entre dois policiais de Los Angeles, sendo um deles um idealista e novato policial e o veterano sendo o corrupto e moralmente ambíguo.

Justin Cornwell, Bill Paxton, Julie Benz (Dexter, Defiance), Drew Van Acker (Pretty Little Liars) e Katrina Law (Arrow) estão no elenco.

Antoine Fuqua, diretor do filme, servirá como produtor executivo da atração ao lado de Jerry Bruckheimer e Will Beall (Caça aos Gângsteres), que também escreveu o roteiro do piloto – Fuqua dirige o primeiro episódio.