Scandal retornará com episódios inéditos apenas em 2017, quando o real presidente dos EUA já estará definido na disputa ente Donald Trump e Hillary Clinton. No mundo da série, no entanto, a sexta temporada começará na noite da eleição.

Na série, a disputa é entre a republicana Mellie Grant (Bellamy Young) e o democrata Francisco Vargas (Ricardo Chavira). “Nós vamos começar a temporada na noite de eleição”, comentou Shonda Rhimes à Entertainment Weekly. “A campanha real vai ter um espaço para reflexão na nossa temporada, mas não vamos passar muito tempo nisso”.

Scandal troca atriz de personagem recorrente, escalando veterana de Glee


A volta da série foi adiada para o próximo ano para acomodar a gravidez da protagonista Kerry Washington. Scandal também deve ter uma redução na encomenda de episódios – de 22 provavelmente para 16.

Recentemente, Scandal encerrou sua quinta temporada nos EUA, com o último episódio indo ao ar em 12 de maio. No Brasil, a série é exibida pelo canal pago Sony.