A CBS tirou Star Trek: Discovery de sua planejada data em fevereiro de 2017 para um dia não especificado de maio. Os planos são para dar espaço para o spin-off de The Good Wife, que deve estrear antes.

“Trazer Star Trek de volta para a televisão carrega uma responsabilidade de se conectar com fãs de velha data e novatos que querem saber o que há de novo na série que alimentou nossas imaginações desde a infância”, disseram os showrunners Alex Kurtzman e Bryan Fuller em declaração oficial.

Star Trek merece o melhor, e a CBS concorda conosco. Os meses a mais vão nos permitir trabalhar melhor e chegar em uma visão do qual estamos orgulhosos”, concluíram.


Star Trek: Discovery se passará 10 anos antes da missão do Capitão Kirk, funcionando portanto como um prelúdio da série original.

Roteirista dos filmes antigos escreverá episódio da nova série

Nova série terá protagonista feminina e personagem gay

O reboot de Star Trek na TV introduzirá novos personagens, mas que continuarão procurando novos mundos e novas civilizações, enquanto vai explorar temas contemporâneos, seguindo a mesma linha da série original dos anos 60. O novo seriado será o primeiro de Star Trek a entrar em produção desde o final de Enterprise, em 2005.

Veja a primeira imagem da Enterprise da nova série

Star Trek: Discovery irá ao ar primeiro pelo canal americano CBS. Os próximos episódios depois serão exibidos no serviço de streaming da emissora, o CBS All Access, e também pela Netflix.

Veja primeiro teaser da série de TV

Em 1º de setembro, será lançado o terceiro filme da nova trilogia, Star Trek: Sem Fronteiras. O quarto filme deve chegar aos cinemas em 2019.