Divergente | Diretor sobre mudança para a TV: “Acho muito triste”

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O diretor Neil Burger conversou com o The Hollywood Reporter e um dos assuntos abordados foi a mudança da franquia Divergente para a TV. Burger assinou o primeiro filme da série, Divergente, em 2014.

“Acho muito triste. Eu estava conversando com o pessoal na Lionsgate sobre um outro projeto recentemente, e eu falei com eles sobre isso. Eles entraram em um problemão graças a muitas circunstâncias. Eu não acho que eles deveriam ter dividido o último livro em dois filmes. Se eles não tivessem feito isso, talvez estivessem em um momento melhor na franquia, mas naquela época tenho certeza que eles viram algum potencial nessa decisão”, comentou.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Estúdio está confiante em futuro da série na TV

O plano original era dividir o terceiro livro em dois filmes, mas a fraca bilheteria de A Série Divergente: Convergente fez o estúdio reconsiderar a decisão e optar por migrar a franquia para a TV.

Com direção de Lee Toland Krieger (A Incrível História de Adaline), que substituiria Robert Schwentke (Insurgente, Convergente), A Série Divergente: Ascendente estava marcado para encerrar a franquia em 8 de junho de 2017.

Outros atores da franquia vêm indicando nos últimos dias que não devem retornar para o telefilme – veja aqui.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio