Durante uma aparição com Sean Pertwee na Comic Con de Rhode Island, Robin Lord Taylor, intérprete de Oswald Cobblepot/Pinguim, conversou com alguns fãs que vieram até ele para afirmar que “não têm problema” com Oswald ser “gay ou queer”, exceto pelo fato de que ele está em conflito com traços do personagem no cânone dos quadrinhos.

“O que você está dizendo para mim é: Sou homofóbico e tenho medo de pessoas gays”, argumenta Taylor. “Isso é exatamente o que você está dizendo.”

O ator também compartilha sua própria opinião de que Oswald não é necessariamente gay, mas “emocionalmente fraturado” e “vulnerável” após seus pais morrerem. Como tal, qualquer um que o tratasse com bondade e respeito, como Edward Nygma, teria merecido sua fervorosa atenção.


“Realmente acredito que se fosse Barbara, ou Tabitha, ou Butch…. Independentemente de serem homens ou mulheres, ele teria tido essa mesma obsessão “, afirma.

Confira a entrevista no vídeo abaixo.

“The Executioner”, nono episódio da terceira temporada de Gotham, será exibido em 14 de novembro nos Estados Unidos. No Brasil, a série é transmitida pela canal pago Warner.

Ator compara vilões da série com o Esquadrão Suicida