Star Trek: Discovery | “Não estou mais envolvido com a produção”, revela Bryan Fuller

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Bryan Fuller seria, inicialmente, o showrunner de Star Trek: Discovery, e precisou abrir mão do cargo em razão de seu compromisso com American Gods. Contudo, ele deu um jeito de continar envolvido na produção do seriado. Até agora.

Em entrevista à Newsweek, Fuller afirmou que não faz mais parte do time capitaneando o projeto: “Eu não estou envolvido na produção ou pós-produção [da série]. Todo material que eu poderia dar para eles já foi entregue, e eu espero que ele seja suficiente. Eu estou curioso para ver o que eles farão com ele.”

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Fuller escreveu os dois primeiros episódios antes de se desvincular do seriado, e mapeou o arco central de toda a primeira temporada – que pode mudar, já que Gretchen Berg e Aaron Harberts, novos showrunners, podem optar por conduzir a história por outros caminhos.

Nova série de TV de Star Trek perde seu showrunner

E apesar da necessidade de abandonar Discovery, Fuller não descartou a possibilidade de voltar ao barco em uma eventual segunda temporada: “Eles tem meu número, e se eles precisarem de mim, eu estarei a disposição.”

Star Trek: Discovery se passará 10 anos antes da missão do Capitão Kirk, funcionando portanto como um prelúdio da série original. A atração terá uma protagonista feminina e também um personagem gay.

O reboot de Star Trek na TV introduzirá novos personagens, que continuarão procurando novos mundos e novas civilizações, enquanto vai explorar temas contemporâneos, seguindo a mesma linha da série original dos anos 60. O novo seriado será o primeiro de Star Trek a entrar em produção desde o final de Enterprise, em 2005.

O lançamento de Star Trek: Discovery está marcado para maio de 2017.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio