Westworld | Anthony Hopkins comenta sobre destino de Ford: “Perturbado por sua própria consciência”

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

CONTÉM SPOILERS SOBRE A PRIMEIRA TEMPORADA DA SÉRIE

Robert Ford é um dos personagens mais cativantes pelo seu caráter enigmático em Westworld e após sua morte no último episódio da primeira temporada, muitas suposições sobre um plano maior de Ford estão surgindo.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Em uma entrevista recente com a Entertainment Weekly, o ator Anthony Hopkins, intérprete de Ford na série, comentou sobre as decisões  do seu personagem.

“Ele é obviamente um homem muito orgulhoso e fascinado pela inteligência humana, a natureza da inteligência, a história do ser humano, a natureza da consciência e a teoria de que a consciência humana – como a conhecemos hoje em dia – começou muito recentemente”, disse.

“Ele também é um homem destrutivo, quer criar uma distopia ou utopia pura, mas ele começa a perceber em algum lugar que ele perdeu a noção dela”, afirma Hopkins. “Acredito que ele está perturbado por sua própria consciência. Quando comecei a ler os roteiros, lembrei de um dos meus filmes favoritos de ficção científica com Walter Pidgeon, chamado O Planeta Proibido. Nele, Morbius cria um enorme monstro para proteger o seu reino, mas ele nem sequer sabe que criou este monstro até que ele perceba: ‘Meu Deus, eu fiz isso’, e então ele se destrói.”

No último episódio da série, entende-se que o Dr. Robert Ford percebeu que criou algo que não tinha mais controle sobre e opta por destruir a si mesmo, definindo um caminho para a liberdade.

Agora, se Dolores disparou e matou a versão humana de Ford ou uma versão como anfitrião, isso só será revelado mais tarde.

 

A segunda temporada de Westworld estreia em 2018 na HBO.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio