Stranger Things | Criadores revelam que Eleven era bem mais violenta no piloto original

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Os irmãos Matt e Ross Duffer, criadores do sucesso Stranger Things, contaram para a Vulture detalhes sobre o episódio piloto da série e revelaram que ele seria bem menos apropriado para crianças. Mesmo sendo protagonizado por crianças, os criadores revelaram que a personagem Eleven, por exemplo, seria bem mais violenta.

“Não é uma situação simples, você ter uma protagonista infantil que é violenta e com o tipo de poderes que a Eleven tem – não é como E.T. – O Extraterrestre”, afirma Ross Duffer. “Ela mata pessoas e de forma brutal. O piloto original era muito mais violento. Seria originalmente uma coisa proibida para menores”.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“A personagem da Winona [Ryder] dizia muitos palavrões, era desnecessário”, completa Matt Duffer. “Eu não penso que nós perdemos algo, só acho que diminuímos um pouco o tom da série”.

Outra informação que os irmãos Duffer passaram é que a personagem Barb teria morrido já no episódio piloto, uma decisão que foi modificada e tornou Barb uma das personagens mais queridas do público.

No final das contas, parece que as escolhas dos Duffer foram acertadas, visto que a série da Netflix conseguiu se comunicar com os mais distintos públicos, se tornando um sucesso estrondoso de 2016 e recebendo indicações ao Globo de Ouro.

O segundo ano de Stranger Things terá nove episódios e será disponibilizado pela Netflix em ainda este ano.

10 coisas que queremos ver na 2ª temporada

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio