Stranger Things poderia ter sido muito mais adulta e violenta, segundo criadores

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Os irmãos Matt e Ross Duffer, criadores do sucesso Stranger Things, contaram para a Vulture detalhes sobre o roteiro original da série e revelaram que a série seria bem menos apropriada para crianças.

Mesmo sendo protagonizado por crianças, os criadores afirmaram que a personagem Eleven, por exemplo, seria bem mais violenta: “Ter uma protagonista infantil que é violenta e com o tipo de poderes que a Eleven tem – não é como E.T. O Extraterrestre – não é uma situação feliz”, diz Ross Duffer. “Ela mata pessoas e de forma brutal. O piloto original era muito mais violento. Seria originalmente uma coisa proibida para menores”.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“A personagem da Winona Ryder dizia muitos palavrões, era desnecessário”, completa Matt Duffer. “Eu não acho que nós perdemos nada diminuindo um pouco o tom da série”.

No final das contas, parece que as escolhas dos Duffer foram as certas, visto que a série da Netflix conseguiu se comunicar com os mais distintos públicos, se tornando um sucesso imediato. Já essa versão mais violenta talvez não fosse tão divertida quanto a apresentada.

Stranger Things | Crianças da série são transformadas em personagens de Star Wars

O segundo ano de Stranger Things terá nove episódios e será disponibilizado pela Netflix em ainda este ano.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio