The 100 | Clarke eventualmente vai superar Lexa, afirma produtor

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Clarke (Eliza Taylor) sofreu muito na terceira temporada de The 100 com a morte de Lexa (Alycia Debnam-Carey), mas a perda do seu amor não significa que Clarke estará sozinha pelo resto de sua vida.

“A verdade é que Lexa foi o amor de sua vida, mas [Clarke] tem apenas 18 anos”, disse Jason Rothenberg, produtor da série, à EW. “Nós avançamos e descobrimos uma maneira de guardar isso, você tenta e você não esquece. [Lexa] É uma pessoa que nunca deve ser esquecida”.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Lexa a influenciou de muitas maneiras”, continua Rothenberg. “O fato de que Clarke está tentando transcender seu tribalismo é realmente um resultado direto de seu relacionamento com Lexa. Lexa a ajudou a ver o mundo de forma diferente, e vice-versa. E ela precisa seguir em frente. E assim, ela acabará por fazer isso, mas eu não vou dizer se isso acontecerá ou não nesta temporada”.

De qualquer forma, com a aproximação do Apocalipse, a quarta temporada de The 100 ainda promete muitas emoções. E dentre elas, estão o estreitamento de outros relacionamentos.

“Vamos ver o relacionamento de Kane e Abby se aprofundando, Monty e Harper também, ainda tem Murphy e Emori, que têm um verdadeiro laço na série”, avisa Rothenberg.

De qualquer forma, o produtor reitera que The 100 segue sendo uma série sobre sobrevivência, e nesses momentos é natural que os personagens se apeguem uns aos outros.

No ano passado, o fim de Lexa iniciou uma discussão sobre as mortes desproporcionais de personagens LGBT na TV americana – veja nosso artigo sobre isso.

A quarta temporada de The 100 estreia no dia 1º de fevereiro nos EUA.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio