Agents of SHIELD arruma lacuna deixada na trama pelo primeiro filme dos Vingadores

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

ATENÇÃO PARA SPOILERS DA SÉRIE ABAIXO!!!

O último episódio de Agents of SHIELD, exibido nesta terça (31) nos EUA, explicou uma lacuna deixada no roteiro da trama pelas ligações da série com o Universo Compartilhado da Marvel nos cinemas.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Era conhecido dos fãs de que o projeto LMD, de fabricações de androides com a aparência humana, era uma criação do Dr. Holden Radcliffe, apesar de Tony Stark já dizer ter usado um LMD para evitar falar com o agente Coulson ainda em 2012, no primeiro filme dos Vingadores.

No último episódio, foi revelado que já existia um projeto de LMD na S.H.I.E.L.D. antes do surgimento de Radcliffe. Um trabalho que envolvia os agentes Sam, Eric e Billy.

A quarta temporada de Agents of SHIELD voltou de seu hiato em 10 de janeiro nos EUA.

“Após encontrar o Motoqueiro Fantasma, o fenômeno mais estranho que já lhes apareceu, os agentes da SHIELD encontram-se com novas e contínuas ameaças: Os anti-Inumanos Watchdogs estão ganhando influência política com o senador Nadeer, se unindo com ajuda de um benfeitor misterioso. Enquanto isso, sem o conhecimento da equipe, Aida sequestrou a agente May, e a substituiu por um LMD (Life Model Decoy, robôs do universo Marvel). Os planos maléficos de Aida para com May e a equipe permanecem misteriosos”, diz a sinopse da segunda metade da temporada.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio