Powerless, a primeira série cômica de super-heróis da DC, agradou os críticos mas não despertou muito interesse do público americano.

Segundo dados do TV By The Numbers, o episódio piloto, exibido nesta quinta-feira (2) nos EUA, foi assistido por apenas 3,08 milhões de espectadores e teve 1.1 ponto na audiência qualificada (18-49 anos). Os números são similares a da atração exibida anteriormente no horário, The Good Place, que já finalizou sua primeira temporada.

Powerless estreia no Brasil em 12 de março, às 23h, no canal pago Warner.


Em Powerless, Emily Locke (Vanessa Hudgens) começa seu primeiro dia como Diretora de Pesquisa e Desenvolvimento para a Wayne Security, uma subsidiária da Wayne Enterprises, especializada em produtos que tornam o mundo mais fácil para a humanidade lidar com os danos colaterais dos Super-Heróis e Super-Vilões. Cheia de confiança e grandes ideias, Emily rapidamente descobre que suas expectativas ultrapassam em muito as de seu novo chefe, Van Wayne (Alan Tudyk), e colegas de trabalho, o que a leva a liderar uma equipe que busca o reconhecimento de que não precisa-se tem superpoderes para ser um herói.

A atração terá 13 episódios em sua primeira temporada.

Nova série da DC não vai mostrar o Batman; veja trailer inédito