A Guarda Municipal de Itapevi, Região Metropolitana de São Paulo, acabou atrapalhando uma filmagem de uma versão amadora e brasileira da série The Walking Dead. Quatro membros do canal de YouTube The Walking Brazilian Dead foram detidos após terem suas armas cenográficas de airsoft serem confundidas com armas reais.

Segundo informações do Diário de Pernambuco, Dereck Oliveira, Ramses Carvalho, Jadson Almeida e Nicolas Correia foram avistados pulando uma cerca e correndo para um matagal. A cena deixou a vizinhança alerta, que chamou a polícia para o local. “Já gravamos num sítio para não chamar atenção. Mesmo assim, algum morador acabou entrando em contato com a polícia”, disse Derick.

O mal entendido aconteceu pelo fato do quarteto não ter notificado nem a Guarda Municipal nem a polícia local sobre as gravações, algo necessário para gravações deste tipo. A versão tupiniquim de THe Walking Dead já conta com cinco episódios.


Confira o canal dos fãs que estão parodiando a série da AMC: