O showrunner Steven Moffat não fez nenhuma questão de ser gentil com os jornalistas que estão repercutindo críticas à escalação da primeira protagonista mulher de Doctor Who.

Durante o painel da série na Comic-Con, Peter Capaldi, o atual protagonista, dividiu a apresentação com Moffat e outros integrantes do elenco e equipe. Capaldi e Moffat sairão na próxima temporada e darão lugar à primeira Doutora da série, Jodie Whittaker, e ao showrunner Chris Chibnall.

Mas o anúncio da histórica escalação foi feito apenas uma semana antes do evento. Ao que parece, infelizmente, a BBC não pensou em aproveitar a deixa e Whittaker não participou do painel. Assim, os presentes falaram mais sobre o período de Capaldi – que foi ovacionado pela plateia.


Mas Moffat não perdeu a oportunidade de reclamar sobre a atenção que a mídia tem dado às críticas sobre a escalação de uma mulher. “Há muitas matérias na imprensa sobre fãs que tem reclamado da escalação de uma mulher”, disse Moffat.

“Não houve resistência, na verdade. Oitenta porcento de aprovação nas mídias sociais. Tanta gente querendo fingir que existe um problema. E não existe (…). Eu desejo que cada jonalista que está dando a entender o contrário cale a boca”.

Produzida e transmitida pela BBC desde 1963, a série acompanha as aventuras de um Senhor do Tempo – agora, Senhora – alienígena que explora o universo e as eras em uma nave espacial. É uma das mais notórias séries da história da TV, que no Brasil vai ao ar pelo canal pago SyFy.