Preacher enfurece ativistas católicos ao exibir cena de sexo explícita estrelada por Jesus

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O episódio dessa semana de Preacher enfureceu ativistas católicos – embora o próprio tema da série, que coloca um padre bêbado e mulherengo procurando por um Deus desaparecido, já seja polêmico, muitos espectadores sentiram que a série passou dos limites dessa vez.

No episódio “Dirty Little Secret” (2×10), conhecemos a versão da série para Jesus Cristo, que é visto logo na primeira cena fazendo sexo com a personagem da atriz Carrie Lazar. O episódio começa com ela gemendo o nome de Jesus e segue mostrando o ato de forma explícita.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Presidente da Liga Católica, o ativista Bill Donahue (via CinemaBlend) soltou declaração criticando a série: “Mostrar Jesus em uma cena de sexo grotesca é um assalto às sensibilidades de todos os cristão, assim como as pessoas de bom senso que não são cristãs. Já vimos esse tipo de coisa em canais pagos, mas não estamos acostumados com a AMC se juntando a eles. Se isso é um sinal do que a emissora quer se tornar, vamos reunir cristãos contra ela”, ameaçou.

O criador da série, Seth Rogen, no entanto, não se abalou com a crítica: “Se isso não é um bom endorsamento da nossa série, não sei o que é”, brincou.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio