Julia Louis-Dreyfus agora é a intérprete mais premiada da história do Emmy; mais recordes quebrados em 2017

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O Emmy 2017 foi cheio de recordes. Para começar, é impossível não notar que Julia Louis-Dreyfus, a Selina Meyer de Veep, se tornou a intérprete mais premiada da história do Emmy com oito estatuetas, empatada com a veterana Cloris Leachman (Mary Tyler Moore, Raising Hope).

Confira a lista completa de vencedores

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Dreyfuss é também a intérprete premiada mais vezes pelo mesmo papel, tendo ganho seis estatuetas por sua performance em Veep. Enquanto isso, The Handmaid’s Tale fez do Hulu o primeiro serviço de streaming a vencer a categoria Melhor Série Dramática, passando a perna na concorrente mais popular, Netflix.

A diversidade teve um grande ano também: tivemos o primeiro negro a vencer Melhor Direção em Série Cômica (Donald Glover, por Atlanta), a primeira mulher negra a vencer Melhor Roteiro em Série Cômica (Lena Waithe, por Master of None), e a primeira mulher em mais de 20 anos a vencer Melhor Direção em Série Dramática (Reed Morano, por The Handmaid’s Tale).

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio