Uma nova matéria do The Hollywood Reporter detalha as acusações de assédio sexual e conduta imprópria que fizeram o chefe de programação da Amazon Studios, Roy Price, pedir demissão.

Entre elas, a que chama mais atenção é a abordagem de Price ao receber de Reese Witherspoon e Nicole Kidman a proposta para a minissérie Big Little Lies, que acabou indo para a HBO e se tornando um enorme sucesso de audiência e crítica.

Segundo a reportagem, Price perguntou se as estrelas “mostrariam os seios” em cena durante a minissérie, e declarou: “Eu não vou aprovar a série se vocês não fizerem isso”.


Outro relato se relaciona à série Good Girls Revolt, que foi cancelada após a 1ª temporada pela Amazon mesmo sendo, reportadamente, um sucesso de audiência. Segundo a reportagem, Price não se dava bem com a criadora da série, Dana Calvo.

“Ele fazia todas as mulheres ao seu redor se sentirem desconfortáveis. Na primeira leitura dos roteiros para o piloto, ficou perguntando sobre o histórico sexual das atrizes”, conta a executiva Suzanne Gibbs, que também trabalhou na série.