Chefe da Amazon recusou Big Little Lies porque atrizes não iam “mostrar os seios” em cena

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Uma nova matéria do The Hollywood Reporter detalha as acusações de assédio sexual e conduta imprópria que fizeram o chefe de programação da Amazon Studios, Roy Price, pedir demissão.

Entre elas, a que chama mais atenção é a abordagem de Price ao receber de Reese Witherspoon e Nicole Kidman a proposta para a minissérie Big Little Lies, que acabou indo para a HBO e se tornando um enorme sucesso de audiência e crítica.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Segundo a reportagem, Price perguntou se as estrelas “mostrariam os seios” em cena durante a minissérie, e declarou: “Eu não vou aprovar a série se vocês não fizerem isso”.

Outro relato se relaciona à série Good Girls Revolt, que foi cancelada após a 1ª temporada pela Amazon mesmo sendo, reportadamente, um sucesso de audiência. Segundo a reportagem, Price não se dava bem com a criadora da série, Dana Calvo.

“Ele fazia todas as mulheres ao seu redor se sentirem desconfortáveis. Na primeira leitura dos roteiros para o piloto, ficou perguntando sobre o histórico sexual das atrizes”, conta a executiva Suzanne Gibbs, que também trabalhou na série.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio