Derivada de Friends focada em Joey “seria o maior sucesso” se fosse feita hoje em dia, diz produtor

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Quando Friends acabou em 2004, após dez temporadas no ar, ela foi imediatamente seguida pelo spin-off Joey, conhecido no Brasil também como Vida de Artista, que durou só duas temporadas antes do cancelamento, em 2006.

Mais de uma década depois, os produtores Jeffrey Klarik e David Crane conversaram com o TheWrap sobre a série, e os motivos pelo fracasso.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Sabíamos que ia ser difícil seguir Friends com um spin-off, então as coisas ruins aconteceram. Se fizéssemos aquela série hoje, seria o maior sucesso da TV americana. Tanta coisa mudou”, comenta David Crane.

“Quando Scott [Silveri] e Shana [Goldberg-Meehan] chegaram com essa ideia de fazer Joey, nós não achamos que era a ideia certa, mas os apoiamos. As pessoas que fizeram essa série fizeram o melhor que podiam. Tem a ver com elenco, com os ingredientes imprevisíveis que fazem a série um sucesso”, disse Klarik.

Os produtores voltaram a trabalhar com Matt LeBlanc, o Joey, na série Episodes, que exibe seu último episódio no domingo (08) após cinco anos no ar.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio