Apple vai gastar R$ 13.5 bilhões em séries e filmes originais nos próximos cinco anos

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A Apple vai gastar em torno de US$ 4.2 bilhões (R$ 13.5 bilhões) em filmes e séries originais, além de uma reformulação de seu serviço de streaming musical Apple Music, até 2022.

A projeção é do analista Gene Munster, que monitora as ações da Apple para a empresa Loup Ventures (via Variety).

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Os projetos de maior destaque anunciados pela Apple até agora são uma série com Reese Witherspoon e Jennifer Aniston e o reboot da antologia Histórias Maravilhosas, produzida por Steven Spielberg.

Como aponta Munster, o gasto não vai conseguir eclipsar planos similares dos competidores da Apple no mercado de streaming de filmes e séries. A Netflix, por exemplo, pode gastar até US$ 6.8 bilhões (R$ 21.1 bilhões) em conteúdo até 2022.

O recorde, no entanto, deve pertencer à Amazon, que vai gastar até US$ 8.3 bilhões (R$ 26.8 bilhões) até a mesma data em sua corrida para ultrapassar a principal concorrente.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio