Atriz de One Tree Hill acusa criador da série de abuso sexual

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Mais uma mulher veio à tona detalhando um caso de abuso sexual, praticado por Mark Schwahn, criador e showrunner das séries One Tree Hill e The Royals, do qual foi afastado da produção dessa última.

A atriz e uma das protagonistas de One Tree Hill, Hilarie Burton, que interpretou Peyton Sawyer, acusou Mark de ter avançado nela múltiplas vezes, em entrevista para a revista Variety. Segundo a atriz, Schawhn começou a persegui-la em uma tentativa de forçar um relacionamento com ela durante a terceira temporada da série, quando ele decidiu que Burton era “sua musa”.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Depois, durante uma locação para as filmagens da quarta temporada, ele beijou a atriz forçadamente dentro de uma limusine enquanto planejavam a quinta temporada. Hilarie disse: “Eu estava na vez de escutar e enquanto  era vez da Dawn Ostroff (presidente da CW) falar, ele veio para cima de mim e começou a me beijar. Eu o empurrei mas eu não consegui dizer nada porque ele está no telefone brigando para que nossa série continuasse no ar. Eu estava nessa posição pensando ‘Você tem que aceitar, Hil. Apenas sorria. Você estará em Wilmington em 45 minutos’”, completa a atriz.

Hilarie Burton também disse que Schwahn enfiou sua mão em suas peças íntimas em 2006, corroborado pela coestrela da série, Daneel Ackles, e que ele a beijou durante a festa para mostrar ao elenco e equipe.

Depois que a atriz pediu para ele parar de fazer contato inapropriado com ela, Burton afirmou que ele começou a gritar com ela por meia hora. “Ele ficou maluco! Eu sei exatamente como as mãos desses caras eram e era um pesadelo. Eu penso em mãos quando penso nele porque elas eram implacáveis”, completa Hilarie.

 

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio