Mindhunter | Intérprete de assassino na série seguiu vizinhos pela rua para entrar no personagem

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Mindhunter, nova série de David Fincher para a Netflix, conta com rápidos flashes da vida de um assassino em série anônimo durante seus 10 episódios, em uma subtrama separada da narrativa principal.

O ator Sonny Valicenti, com seu bigode característico, interpreta esse personagem que nunca é identificado – trata-se de uma versão do homem conhecido, na vida real, como o assassino BTK, nome dado graças ao seu método de amarrar (“bind”), torturar (“torture”) e matar (“kill”) suas vítimas.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Falando ao IndieWire, o ator contou o método bem assustador através do qual “entrou” no personagem. “Uma coisa que eu fiz, por algumas noites, foi andar pelas ruas do meu bairro e seguir um casal de desconhecidos até suas casas. O objetivo era que eles não percebessem que eu estava fazendo isso, é claro, mas parecia importante saber como isso seria”, diz.

“Tinha que ser durante a noite, queria ter a sensação de guardar esse estranho segredo, de seguir essas pessoas e sentir meu coração acelerar”, conta ainda. “Eu só conseguia fazer isso por um minuto ou dois, é muito enervante”.

Jonathan Groff (Glee, Looking) protagoniza Mindhunter, baseada no livro “Mind Hunter: Inside the FBI’s Elite Serial Crime Unit”, da dupla John Douglas e Mark Olshaker.

Os episódios focam na rotina de Holden Ford (Groff), um agente do FBI que criou uma inovadora técnica para traçar perfis sociais de criminosos e, portanto, encontrar assassinos em série para o FBI.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio