The Walking Dead | Pai de ator acusa produtor de “enganar” seu filho com morte de personagem

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

ATENÇÃO: SPOILERS A SEGUIR

O episódio de domingo (10) de The Walking Dead entregou o choque que todos estavam esperando para o último capítulo de 2017 e revelou que Carl (Chandler Riggs) vai deixar a série – morto por uma mordida de zumbi.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Quem não está nada feliz com isso é o pai de Riggs, que usou o Facebook para acusar o produtor Scott M. Gimple e a emissora AMC de “enganarem” seu filho – isso porque haviam originalmente dito que Carl ficaria vivo por mais três temporadas.

“Ver Gimple demitir meu filho duas semanas antes de seu 18º aniversário depois de dizer que ele ficaria na série por  mais três anos foi desapontador”, escreveu ele, respondendo a um comentário no Facebook. “Eu nunca confiei em Gimple ou na AMC, mas Chandler sim. Eu sei o quanto isso o machucou. Nós sabemos, absolutamente, que somos sortudos de podermos ter feito parte de algo assim, e apreciamos o amor dos fãs!”.

Em entrevista ao THR, Riggs confessa que a demissão foi “inesperada”, mas mostra uma reação diferente da do pai: “Não foi uma coisa ruim, porque foi incrível estar na série, mas agora posso sair e fazer muitas coisas que não podia fazer antes. Scott quis me contar pessoalmente”, disse.

The Walking Dead retorna no dia 25 de fevereiro.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio