The Walking Dead | Showruner explica diferenças entre a série e a HQ após chocante morte

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

ATENÇÃO: ESSE TEXTO CONTÉM SPOILERS SOBRE O MIDSESON DA OITAVA TEMPORADA DE THE WALKING DEAD, HOW IT’S GOTTA BE

O showrunner de The Walking Dead Scott M. Gimple contou ao site americano Entertainment Weekly sobre as diferenças da série com os quadrinhos em relação aos acontecimentos do último episódio da série da Fox em 2017.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O episódio em si, How It’s Gotta Be, mostra a morte de Carl (Chandler Riggs), após a mordida de um walker. O protagonista Rick (Andrew Lincoln), contou que foi a maior morte que já fizeram.

Perguntando sobre o motivo de matar o Carl, Scott disse: “Você verá. É uma grande parte da história que está evoluindo, que está andando para frente e esse evento é o centro dessa sequência e afeta todos os personagens. É uma peça crítica de como a história evoluirá”.

Apesar de diversas histórias serem criadas pela morte de Carl, o sacrifício do personagem elimina muita coisa das histórias em quadrinhos – material original – onde o filho de Rick ainda está vivo. Scott foi questionado como lidará com essa situação e que não irá mais explorar o personagem pegando a fonte dos quadrinhos. Ele afirmou: “É uma grande dificuldade. É um aspecto difícil mas você ainda irá desejar que as histórias dos quadrinhos sejam contadas, e nós iremos fazer isso. Nós vimos grandes histórias dos personagens dentro da HQ ir para diferentes versões dentro da série. Nós nos comprometemos a manter essa história da HQ. Sim, será diferente. E sim, o relacionamento de Negan com Carl foi uma grande parte do seguimento da história, principalmente nas mudanças que acometerão o mundo. Mas esperamos completar as histórias que iremos fazer.”

Depois, foi informado que na HQ há um senso de que a liderança da equipe seria passada de pai para filho – Rick para Carl – e segundo o repórter, Andrew Lincoln assumiu que gostaria que isso acontecesse na série. Por agora ser impossível, o produtor foi indagado sobre como fará isso: “É uma mudança muito gritante. Mas ainda pode acontecer de uma maneira diferente. Não lemos os livros ainda. Robert (Kirkman, o criador da HQ) ainda não escreveu, mas tentaremos fazer isso seguindo a história do Robert.

The Walking Dead voltará com sua oitava temporada em 25 de fevereiro de 2018 no canal americano AMC.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio