Em entrevista à Oprah Winfrey, líderes do movimento Time’s Up revelam que pretendem fortalecer leis contra assédio

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Oprah Winfrey havia dito na última semana que entrevistaria as mulheres lideres do movimento Time’s Up para o programa CBS This Morning. A entrevista finalmente aconteceu, e foi divulgada hoje na televisão.

Entre as mulheres entrevistadas estavam as atrizes Reese Witherspoon, Natalie Portman, America Ferrera, Tracee Ellis Ross, e as produtoras Shonda Rhimes e Kathleen Kennedy. Elas revelaram que não pretendem finalizar o movimento após a grande repercussão no Globo de Ouro e que possuem diversos planos para o futuro.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Entre os planos, está o fortalecimento de leis contra assédio e discriminação no trabalho, bem como promover unidades de atendimento para mulheres grávidas em agências e estúdios.

O movimento já conseguiu recolher US$ 16 milhões (R$ 51 milhões) em doação, e acreditam que precisam continuar a manter os debates contra assédio para a criação de ambientes saudáveis de trabalho.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio