Ex-funcionários de Jimmy Fallon dizem que foram demitidos por ser brancos

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Dois homens que foram demitidos de seus empregos como cameramen no talk show The Tonight Show, comandado por Jimmy Fallon, vão processar a NBC por discriminação – eles acreditam que foram demitidos só por serem brancos.

Segundo Kurt Decker e Michael Cimino (via Deadline), os dois receberam “uma mensagem racista e misógina não solicitada em seus celulares”. Mark Kelley, membro da banda Roots, que acompanha Fallon no programa, também teria recebido a mensagem.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Após meses de investigação, Decker e Cimino foram demitidos, enquanto Kelley permaneceu na banda. Segundo o processo, essa “ação discriminatória” teria sido incentivada por Questlove, baterista e líder dos Roots, que fez exigências para a NBC.

“A NBC tem políticas fortes para proteger seus funcionários contra qualquer tipo de discriminação. A decisão feita sobre esses três funcionários foi tomada de acordo com essas políticas”, respondeu a emissora.

Jimmy Fallon e sua família lamentam a morte da mãe do apresentador

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio