Altered Carbon | Criadora revela cena que cortou por ser “violenta demais”

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A série Altered Carbon, aposta mais ambiciosa da Netflix para 2018, estreou com um baque na última sexta (02), trazendo cenas sangrentas e intensas retiradas direto do livro de Richard K. Morgan.

No entanto, a showrunner Laeta Kalogridis conta que algumas passagens do livro foram cortadas por ela da adaptação por serem “violentas demais” – mais especificamente, uma cena de tortura em que o protagonista Kovacs (Joel Kinnaman) é levado para uma dimensão paralela e transformado em mulher antes de ser torturado.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“No livro, fica claro que a decisão de Morgan em transformá-lo em uma mulher é justificada. Ele diz que ‘a mulher é a raça’, porque ela tem mais nervos, ela sente mais dor, mas também aguenta mais. É impossível passar isso na TV, ficaria como um pornô de tortura, o que eu não quero fazer, obviamente”, disse Kalogridis ao io9.

“Não foi algo que a Netflix me fez fazer. Eu quis modificar e cortar essa cena. Não faria sentido na TV como fez no livro. São mídias diferentes”, concluiu ainda.

Altered Carbon já está disponível na plataforma de streaming.

Netflix já iguala assinantes de TV a cabo nos EUA

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio