Criadora de Grey’s Anatomy odeia o termo “protagonista feminina forte”

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Shonda Rhimes desabafou no Twitter sua frustração com a tendência crítica de chamar suas séries, como Grey’s Anatomy, Scandal e How to Get Away with Murder, de “tramas com protagonistas femininas fortes”.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Okay, indústria do entretenimento: Está na hora de parar de usar frases como ‘mulheres fortes e inteligentes’ ou ‘protagonistas femininas fortes’. Não existem mulheres fracas e burras. Uma mulher forte é inteligente é apenas uma mulher”, escreveu.

“Além disso, mulheres não são uma tendência de TV, são metade do planeta”, concluiu.

Enquanto isso, as séries de Rhimes continuam a todo vapor – enquanto Grey’s Anatomy está prestes a estrear uma derivada, Scandal e How to Get Away with Murder vão em breve realizar um aguardado crossover.

Além disso, a roteirista recentemente fechou contrato para criar novas séries para a Netflix – saiba mais.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio