The Crown domina indicações ao BAFTA da TV, o maior prêmio britânico

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

As indicações às categorias técnicas do BAFTA TV, o maior prêmio britânico dessa mídia, foram reveladas nessa quinta (22).

Veja os vencedores da recente edição de cinema do BAFTA

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

The Crown dominou as indicações com sete lembranças pela academia, enquanto Taboo  aparece a seguir com seis. Peaky Blinders e Black Mirror também se destacaram.

A cerimônia do BAFTA TV ocorre em 22 de abril, com apresentação de Stephen Mangan (Episodes). A premiação das categorias principais acontecerá em outra data. Confira a lista:

Melhor Roteiro Dramático
Charlie Brooker, por “Hang the DJ” (Black Mirror)
Nicole Taylor, por Three Girls
Peter Morgan, por The Crown
Steven Knight, por Peaky Blinders

Melhor Roteiro Cômico
Daisy May & Charlie Cooper, por This Country
Paul Coleman, Peter Kay & Sian Gibson, por Peter Kay’s Car Share
Sharon Horgan & Rob Delaney, por Catastrophe
Steve Pemberton & Reece Shearsmith, por Inside No. 9

Melhor Figurino
Alison McCosh, por Peaky Blinders
Jane Petrie, por The Crown
Joanne Eatwell, por Taboo
Michele Clapton, por Game of Thrones

Direção em Documentário
Anna Hall, por Catching a Killer
Charlie Russell, por Chris Packham: Asperger’s and Me
Will Yapp, por The Real Full Monty
Xaviel Alford, por Drugsland: Heroin Love Story

Melhor Direção em Ficção
Jane Campion, por Top of the Lake: China Girl
Mackenzie Crook, por Detectorists
Paul Whittington, por Little Boy Blue
Phillippa Lowthorpe, por Three Girls

Melhor Direção em Multi-Câmera
Chris Power, por Ant & Dec’s Saturday Night Takeaway
James Morgan, por Wild Alaska Live
Jolia Knowles, por World War One Remembered: Passchendaele
Nikki Parsons, por Strictly Come Dancing

Melhor Edição em Documentário
Anna Price, por Louis Theroux: Dark States
Ged Murphy, por David Bowie: The Last Five Years
Matt Meech, por “One Ocean” (Blue Planet II)
Nigel Buck, por “The Deep” (Blue Planet II)
Will Grayburn, por Chris Packham: Asperger’s and Me

Melhor Edição em Ficção
Andrew McClelland, por Line of Duty
Dan Roberts, por Peaky Blinders
Pia Di Ciaula, por “Paterfamilias” (The Crown)
Úna Ní Dhonghaíle, por  Three Girls

Melhor Cabelo & Maquiagem
Chrissie Baker, por The Miniaturist
Jacqueline Fowler, por Gunpowder
Jan Archibald, Erika Okvist & Audrey Doyle, por Taboo
Loz Schiavo, por Peaky Blinders

Melhor Trilha Sonora
Jocelyn Pook, por King Charles III
Katya Mihailova, por Born Free: Saving Russia’s Whales
Max Richter, por Taboo
Nico Mulhy, por Howards End

Melhor Fotografia em Documentário 
Daniel Vernon & Daniel Dewsbury, por The Detectives: Murder on the Streets
Fadi Al-Halabi, Hasan Kattan & Thaer Muhamad, por “Last Men in Aleppo” (Storyville)
Olivier Sarbil, por “Dispatches” (The Fight for Mosul)
Ted Giffords, Roger Munns & Roger Horrocks, por “One Ocean” (Blue Planet II)

Melhor Fotografia em Ficção
Adriano Goldman, por “Beryl” (The Crown)
Johann Perry, por Against the Law
Mark Patten, por Taboo
Stephan Pehrsson, por “USS Callister” (Black Mirror)

Melhor Design de Produção
Deborah Riley & Rob Cameron, por Game of Thrones
Joel Collins & Phil Sims, por “USS Calllister” (Black Mirror)
Martin Childs, por The Crown
Pat Campbell, por The State

Melhor Som em Documentário
World War One Remembered: Passchendaele
Mountain: Life at the Extreme
“Coral Reefs” (Blue Planet II)
David Bowie: The Last Five Years
“W Chump and Sons” (The Grand Tour)

Melhor Som em Ficção
Peaky Blinders
Sherlock
Taboo
The Crown
“USS Callister” (Black Mirror)

Melhores Efeitos Especiais
Taboo
“Metalhead” (Black Mirror)
The Crown
Emerald City

Melhor Abertura e Logo
Blue Planet II
Have I Got News for You
Top of the Lake: China Girl
SS-GB

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio