Ator revela que Ricky Gervais era “um pesadelo” no set de The Office

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Martin Freeman só tem boas memórias de fazer The Office, série britânica que impulsionou sua carreira e a do criador-astro Ricky Gervais, e mais tarde ganharia bem sucedida versão americana.

No entanto, o ator hoje em dia admite que o “chefe” Gervais não era a pessoa mais fácil de ter por perto no set – em entrevista à People, Freeman relembro os seus dias na série.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Ricky era um pesadelo, porque para ele era uma questão de honra fazer todo mundo ao seu redor morrer de rir, não importa a situação ou o dia”, contou.

The Office | John Krasinski quer especial de Natal

“Logo, o que ele fazia era improvisar coisas do nada que faziam todo mundo simplesmente começar a gargalhar no meio da cena, o que não era bom”, continuou.

“De vez em quando, alguém precisava puxar ele de lado e dizer: ‘Cara, essa é a sua série. Nós precisamos terminar isso até as seis e ir para cara. Não vai dar tempo’. Ricky era como uma criança, ele não ouvia”, concluiu.

A versão original de The Office produziu 14 episódios entre 2001 e 2003.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio