The Walking Dead | Criador desvenda reviravolta do final: “É Rick amadurecendo”

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

ATENÇÃO: SPOILERS A SEGUIR!

O criador Robert Kirkman, que escreveu tanto nos quadrinhos quanto na série de TV de The Walking Dead um momento em que o herói Rick (Andrew Lincoln) decide poupar a vida do vilão Negan (Jeffrey Dean Morgan) ao vencê-lo na guerra, explicou ao THR sua decisão.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“É Rick amadurecendo. É um ponto importante de virada em meio a uma série deles na vida de Rick”, conta. “É quando ele percebe que ele precisa escolher de outra maneira. Todo conflito em The Walking Dead terminou com uma grande morte, mas dessa vez ele percebe isso e pensa: ‘Eu preciso quebrar esse ciclo, algo tem que mudar’”.

Por isso o inspirador discurso de Rick para seus sobreviventes ao final do capítulo: “Vamos para casa, e o trabalho começa. O novo mundo começa. Tudo isso é o que aconteceu antes. Tem que haver algo depois”, diz o herói.

Crítica | The Walking Dead – 8ª temporada

No entanto, nem todo mundo ficou feliz com a misericórdia de Rick. Após poupar a vida de Negan, o herói deixou furiosa a viúva Maggie (Lauren Cohan), que reuniu Jesus (Tom Payne) e Daryl (Norman Reedus) consigo e começou a movimentar-se secretamente para depor Rick de seu papel de líder e “mostrar a ele o erro de não matar Negan”.

Muitas coisas devem mudar na 9ª temporada, já que o showrunner Scott M. Gimple está de saída de The Walking Dead – mas só para assumir um papel maior na franquia, que você pode entender melhor aqui.

Ainda não há data de estreia definida.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio