O reboot da série Charmed ganhou o seu primeiro teaser e após isso, vários fãs da série original começaram a criticar a nova abordagem.

Recentemente, duas das três protagonistas do reboot, Madeleine Mantock e Sarah Jeffery, chegaram a defender a nova série, dizendo que ela respeita a original (leia o que elas disseram).

Entretanto, Jeffery resolveu ir além e publicar em seu Twitter uma carta endereçado aos fãs que criticaram a nova série. A atriz explicou que entende o motivo do alarde por parte dos fãs, mas que, assim como sua personagem na série, ela defenderá suas “irmãs” das críticas.


Além disso, ela ressaltou como o programa terá uma boa influência sobre o público feminino: “Eu sei que nossa série terá um efeito positivo em diversas mulheres, jovens, e qualquer um que seja receptivo em estar do lado certo da história”.

Magnum | Sem bigode, nova versão de detetive estreia em trailer do reboot

Jennie Urman, produtora de Jane The Virgin, ficou com o cargo de showrunner do reboot, que ainda não tem data de estreia.

A Charmed original contava com Holly Marie Combs, Alyssa Milano e Shannen Doherty nas três primeiras temporadas, com Doherty sendo substituída por Rose McGowan em seguida. No ar entre 1998 e 2006, a série exibiu 180 episódios.