Criador de American Horror Story quer fazer série sobre casos de assédio do #MeToo

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Ryan Murphy está planejando sua próxima série de antologia, na veia de American Horror Story e American Crime Story.

Segundo o Vulture, Murphy está de olho em um projeto que contaria na tela as histórias de assédio no ambiente de trabalho reveladas pelo movimento #MeToo, que eclodiu no ano passado.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Murphy pretende começar a nova série com “um olhar em profundidade para a cultura de assédio na Weinstein Company”, se referindo à empresa de produção de Harvey Weinstein, que se tornou símbolo das denúncias de assédio em Hollywood.

O título da série seria Consent, e Murphy ainda não fechou contrato com nenhuma emissora para o projeto.

Ryan Murphy assina contrato para levar novas séries à Netflix

O produtor está bastante ocupado no momento, desenvolvendo a 8ª temporada de American Horror Story, que deve se passar em um futuro próximo e ter Joan Collins como novidade no elenco.

Murphy também prepara o terceiro ano de American Crime Story, que deve se focar no Furacão Katrina e na lenta resposta do governo ao desastre natural.

Por fim, ele também se prepara para estrear Pose, drama sobre a Nova York dos anos 1980 – veja trailer.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio