Em meio a discussões sobre pagamentos iguais para homens e mulheres na indústria do entretenimento, Emilia Clarke esclareceu durante passagem pelo Festival de Cannes 2018 que “sempre ganhou o mesmo” que seus colegas de elenco em Game of Thrones.

“Foi o meu primeiro trabalho como atriz, e nunca me discriminaram. Nunca houve diferença de salário. Eu fico chocado quando ouço casos como o de The Crown”, contou.

Clarke se refere à polêmica em torno do drama da Netflix, em que foi revelado que Claire Foy (Rainha Elizabeth II) ganhou menos do que Matt Smith (Príncipe Phillips) pelas duas primeiras temporadas.


Segundo informações da Variety de 2017, os cinco atores considerados protagonistas de Game of Thrones recebiam o mesmo valor (gordos US$ 500 mil por episódio) – além de Clarke, que interpreta Daenerys Targaryen, a lista incluía Kit Harington (Jon Snow), Peter Dinklage (Tyrion Lannister), Lena Headey (Cersei Lannister) e Nikolaj Coster-Waldau (Jaime Lannister).

Game of Thrones | Emilia Clarke e Kit Harington concorrerão como protagonistas no Emmy

2019 será o ano em que veremos a oitava e última temporada de Game of Thrones.

Enquanto isso, George R.R. Martin está ajudando no desenvolvimento de algumas das séries derivadas encomendadas pela HBO.

Carly Wray (Mad Men), Jane Goldman (X-Men), Brian Helgeland (Coração de Cavaleiro), Max Borenstein (Godzilla) e Bryan Cogman (da própria equipe de Game of Thrones) desenvolvem projetos separados.