Roseanne | Emissora perdeu US$ 1 bilhão com cancelamento, diz ator

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Tom Green, ator e ex-marido da comediante Roseanne Barr, tem uma perspectiva única sobre o cancelamento de Roseanne, da ABC, que dominou as manchetes recentemente.

“A ABC perdeu em torno de US$ 1 bilhão com isso, não se enganem”, contou o ator em entrevista na CNN. “A série era um grande sucesso. O que eles perderam em contrato e marketing agora vai se multiplicar quando a série não estiver mais no ar”.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Eles perderam esse sucesso todo porque ninguém teve a coragem de dizer: ‘Ei, tirem o celular de Roseanne‘”, brincou ainda. “Ela é um canhão sem rumo”.

Roseanne | Revival da série não mencionará mais o nome de Donald Trump

Barr enfrentou uma chuva de críticas ao se referir com termos derrogatórios a uma ex-conselheira do presidente Barack Obama. Barr caracterizou Valerie Jarrett, que é afro-americana, como “uma mistura da Irmandade Muçulmana com Planeta dos Macacos”.

Desde então, Barr se desculpou no Twitter: “Eu peço desculpas a Valerie Jarrett e a todos os americanos. Eu realmente sinto muito por ter feito essa piada ruim sobre as políticas e o visual dela. Me perdoem, a piada foi de mau gosto”.

O chefe da ABC, Channing Dungey, liberou uma declaração junto com o anúncio do cancelamento: “As falas de Roseanne são repugnantes, aberrantes e inconsistente com os valores da ABC”.

Ao lado das nove temporada originais da série, exibidas entre 1988 e 1997, a próxima seria a 11ª temporada da sitcom.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio