Apesar da boa recepção do episódio de Supernatural que introduzia Wayward Sisters, o proposto primeiro spin-off da trama da CW, a série não vai virar uma realidade.

A triste notícia foi dada por Andrew Dabb, produtor de Supernatural, no Twitter. Ele relatou que a CW “escolheu não produzir” o spin-off, e lamentou: “Trabalhamos por dois anos para fazer isso acontecer, mas não dá para ganhar todas as lutas”.

“Eu gostaria de agradecer a todo mundo envolvido nesse projeto – nossa incrível equipe e elenco, e especialmente a vocês. Sua paixão por essa ideia nos deu combustível para continuar lutando. Sinto muito que não conseguimos chegar até o fim”, continuou.


“No entanto, saiba que essas personagens continuarão vivas [em Supernatural]. Devemos isso a vocês”, completou Dabb.

A série foi introduzida em episódio de Supernatural exibido em 18 de janeiro. A partir do capítulo, a CW iria desenvolver a nova série.

Supernatural | Chefe da CW fala sobre o futuro da série

Na trama, tudo começava quando Claire (Kathryn Newton) retorna de suas caçadas-solo para encontrar seu quarto sendo usado por Patience (Clark Backo), a nova colega de quarto de Jody (Kim Rhodes).

As três se juntam com Donna (Briana Buckmaster), Alex (Katherine Ramdeen) e Kaia (Yadira Guevara-Prip) para resgatar os irmãos Winchester da situação perigosa em que os vimos no final da série em 2017.

Na continuação de Wayward Sisters, o time de mulheres iria se solidificar para caçar seus próprios demônios, sem a ajuda dos Winchester.