O ator Will Smith usou sua conta no Youtube para postar um vídeo em que conta a história da origem da sitcom Um Maluco no Pedaço, que fez seu nome como ator nos anos 1990 – e como ele só aceitou o trabalho porque estava endividado.

“Eu e Jeff [Jazzy Jeff, seu parceiro de composição] lançamos um álbum que foi um hit enorme. Ganhamos muito dinheiro, Grammys, e eu gastei tudo. Carros, motos, casas, roupas de marca, coisas estúpidas”, contou Smith.

“Então nosso segundo disco foi um enorme flop. Ninguém ouviu. Não ganhou disco de ouro, ganhou disco de plástico”, brincou a seguir. “Eu ainda era famoso, mas não era reconhecido em restaurantes chiques, e sim no ônibus”.


“Eu estava quebrado, então conheci esse cara chamado Benny Medina. Benny achou que eu deveria tentar fazer teste para uma série que ele e Quincy Jones iam produzir. Eu pensei: ‘Cara, não sou um ator’. Mas eu precisava de dinheiro!”, continuou.

“Quando conheci Quincy, ele me deu o roteiro e falou: ‘Você tem 10 minutos para decorar uma cena e fazer o teste’. Foi o que eu fiz, improvisei total, e todo mundo acabou aplaudindo. Quincy, claramente bêbado, quis escrever o contrato e assinar na hora”, completou.

Will Smith apóia ideia de reboot de Um Maluco no Pedaço em animação

Recentemente, novos rumores sobre reboot de Um Maluco no Pedaço começaram a surgir – segundo o TMZ, a empresa que possui os direitos autorais da sitcom recentemente registrou em cartório os direitos para “Fresh Princess”, possível título de um reboot feminino.

Nada por enquanto foi confirmado, mas essas são as notícias mais concretas sobre um possível reboot que temos desde que os fãs voltaram a clamar pela volta da sitcom, já que clássicos como Will & Grace (1998-2006) e Roseanne (1988-1997) voltaram.