Conhecida mundialmente após ter interpretado a fugitiva Kate Austen na série norte-americana Lost, Evangeline Lilly admitiu recentemente que viveu “tempos difíceis” durante os sete anos em que participou da trama.

“Nunca fui apaixonada pela ideia de fama”, disse a canadense ao portal People, admitindo ter passado por uma fase complicada ao se tornar uma figura pública.

Homem-Formiga e a Vespa | Evangeline Lilly trabalhou mais pesado que Paul Rudd em cenas de ação, diz diretor


Após o final de Lost em 2010, Lilly planejou a sua aposentadoria, mudando-se para o Havaí por dois anos ao lado do namorado Norman Kali. Durante este período em que buscava encontrar sua paz, dedicou o tempo livre ao surfe, literatura e aos filhos.

Em 2013, voltou à ativa com a elfa Tauriel em O Hobbit: A Desloação de Smaug e na continuação A Batalha dos Cinco Exércitos, após receber um convite irrecusável do diretor Peter Jackson. Posteriormente, também atuou nos filmes Homem-Formiga e Homem-Formiga e a Vespa, da Marvel.

“Eu precisava achar um lugar onde pudesse ser feliz. E agora eu sou bastante”, completou a atriz.