Se na telinha Silicon Valley faz muita gente rir, nos bastidores é um “pesadelo”. Ao menos, é assim que a atriz Alice Wetterlund, que participou da 2ª e 3ª temporada definiu as gravações do seriado.

Alice utilizou o Twitter nesta quarta-feira (18) para queixar-se dos colegas de elenco e principalmente de T.J. Miller, que deixou a série neste ano por conta do vício em drogas e álcool.

Entre as reclamações contra o ator, que participa de Deadpool, são de que ele era um bully e um “pirralho petulante”. Além disso, a atriz reclamou da falsa ameaça de bomba promovida pelo próprio Muller.


Silicon Valley | HBO renova comédia para a sexta temporada

“TJ Muller era um completo bully e um pirralho petulante e todos que tinham o poder de pará-lo (praticamente todos homens) no set, incluindo o elenco masculino, deixavam ele e ainda foram coniventes com a sua falta de profissionalismo. Eles podem se f*der para sempre”, disparou a atriz na rede social.

Em outra resposta para um seguidores, ela afirmou que tem certeza que a experiência para ela foi “uma espécie de pesadelo”. Wetterlund também comentou que apenas permaneceu porque precisava do trabalho e porque era o seu primeiro papel como membro regular de uma série.

Sem TJ Miller e novamente sem Wetterlund, Sillicon Valley foi renovada para a sexta temporada, que deve ser exibida em 2019.