Apesar da proximidade de Daryl com Carol, a sexualidade do personagem vivido por Norman Reedus nunca chegou a ser discutida em The Walking Dead e desde o início da série ele permaneceu basicamente sem um parceiro sexual.

Agora, em entrevista ao TV Line, o ator comentou sobre esse aspecto de seu personagem, dizendo que será algo grande quando alguma coisa, de fato, acontecer.

“Acho que quando acontecer, será algo grande. Mas estou grato que fizemos ele dessa forma. Acho que se tivéssemos alguma cena quente de sexo em um celeiro por aí, teria acabado por aí e não seria nada de mais.”


The Walking Dead | Andrew Lincoln e Norman Reedus tinham pacto para saírem juntos do seriado

Reedus continuou:

“Não acho que ele é esse tipo de cara. Acho que ele é o tipo de pessoa que quando faz isso, ele estará apaixonado. Ele se apaixonará.”

“Ele diz o que pensa, quando se importa com alguém, ele se importa com eles. E acho que mantê-lo nessa direção é melhor que ter um episódio ou uma cena em algo específico. Sexo significa mais para ele. Ele é sensível.”

Anteriormente, Reedus havia comentado que consideraram fazer com que o personagem fosse gay, mas, aparentemente, descartaram a ideia desde então.

Os novos episódios de The Walking Dead estreiam no dia 7 de outubro de 2018.