A 7ª temporada de Arrow realmente parece estar testando os limites da violência na CW. De acordo com entrevista ao Newsarama, o nível de violência no novo ano das aventuras de Oliver Queen chamou a atenção dos censores da emissora.

“Bethe e eu tivemos uma chamada com a BNSP, que são nossos censores… uma conversa de telefone muito longa sobre uma cena particular que nunca havíamos tido antes. Então nós estamos realmente tentando testar os limites da série no fator violência. Estamos tentando ir o mais longe possível dentro da nossa emissora e do que é esperado de nós, o que podemos ou não podemos fazer. Não estamos na Netflix, então nunca poderemos fazer X, Y e Z, mas pode apostar que estamos tentando”, revela o diretor James Bamford.

O ator Stephen Amell, que interpreta Oliver Queen na série, disse que veremos uma versão muito mais sombria do herói na estreia da nova temporada, e que está empolgado em irritar os fãs.


“Ele está na cadeia com pessoas que ele mesmo prendeu. Nós tivemos sorte de trazer de volta algumas pessoas que vocês não veem há algum tempo. O que eu mais gostei de fazer no primeiro episódio [da 7ª temporada] é que não há absolutamente nada de heroico em Oliver. Na verdade, é o oposto. Se você é fã dele e troce por ele, eu espero que essa estreia deixe você bravo”, disse Amell.

Arrow | Criadora faz mistério com título de episódio da 7ª temporada

A 7ª temporada de Arrow estreia em 15 de outubro na rede americana da CW. No Brasil, a série é exibida pelo Warner Channel.