Insatiable | Criadora da série compara reação negativa com censura

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A nova série da Netflix continua envolta de polêmicas, até mesmo no dia de sua estreia.

Em entrevista ao THR, Lauren Gussis, criadora da comédia dramática Insatiable, comentou as reações negativas e os pedidos de cancelamento que o projeto recebeu – após o primeiro trailer ter sido acusado de gordofobia e apologia ao bullying.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Eu queria cutucar esses assuntos através da comédia. Mas cada um dessas assuntos que os personagens lidam – de distúrbios alimentares ao transtorno dismórfico corporal, sexualidade, a necessidade de validação, o desejo de ser perfeito, doença mental – eu enfrentei cada uma dessas coisas”, revela Gussis.

Insatiable | Nova série da Netflix é massacrada pela críticaInsatiable | Nova série da Netflix é massacrada pela críticaInsatiable | Nova série da Netflix é massacrada pela crítica

“Eu acho que estaremos entrando em uma verdadeira censura se decidirmos que só podemos contar histórias de um certo jeito, para que todos se sintam seguros. Por experiência própria, o crescimento vem de desconforto e dor. Está presente na natureza. Não é confortável. Se ouvir essas coisas é desconfortável, eu entendo. Eles são sensíveis. A ferida é profunda, mas não acho que a solução é me silenciar ou silenciar outras pessoas. Eu acho que a solução é falar, para que possamos discutir a respeito. É representar a realidade, ao invés de outra versão idealizada da verdade que não é realista, o que nos mantém ainda mais longes de ter uma conversa honesta e chegar a uma compreensão mais profunda de nós mesmos”, defende a criadora.

Insatiable | Atriz defende a nova série da Netflix após polêmicas

Insatiable está disponível na Netflix.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio