Carlton Cuse (Lost) está em uma verdadeira odisseia para adaptar os quadrinhos de Locke & Key para a TV. Após a Hulu cancelar a série no meio da produção, o projeto foi parar nas mãos da Netflix.

Em primeira entrevista sobre o assunto, Cuse fala ao The Hollywood Reporter sobre a dolorosa transição entre os dois serviços de streaming, onde mostra-se grato pelo “resgate” da Netflix.

“É sempre difícil quando você está no meio de uma mudança de regime. Eu passei por isso de forma dolorosa com a Hulu em Locke & Key. Um cara novo [o CEO Randy Freer] veio e não gostou de Locke & Key, e passou. Felizmente, estamos fazendo na Netflix, mas certamente foi muito doloroso. Havia muita empolgação entre os executivos de criação da Hulu pela série”, desabafa Cuse.


Em julho desse ano, a Netflix assumiu os direitos da adaptação e encomendou uma primeira temporada de 10 episódios. Andy Muschietti (It: A Coisa) havia dirigido o piloto da Hulu, mas não pôde retornar para a versão da Netflix por estar compromissado com as filmagens da segunda parte da adaptação de Stephen King.

Locke and Key | Netflix vai bancar “série maldita”, cancelada várias vezes

A série é baseada nos quadrinhos de Joe Hill e Gabriel Rodriguez, quando um grupo de crianças começa a explorar as misteriosas portas de uma casa sinistra, com o uso de uma chave mágica.

Locke & Key tem previsão de estreia na Netflix para 2019.